Mister Spock

4 05 2009

A personagem de mr.Spock foi das  personagens que desde a minha infância a que mais despertou para esse grande paradigma entre a razão e a lógica , entre o humano e a “descoberta”  da nossa essência como seres terrestres em contraste com as diferenças galácticas.

Leonard Nimoy volta a ser «Mr. Spock»

Leonard Nimoy volta a ser «Mr. Spock»

Mister Spock é uma personagem da série original de televisão Star Trek (O Caminho das Estrelas em Portugal, interpretado por Leonard Nimoy. Spock tem um sobrenome, nome de família, que nunca é indicado na série, porque é impronunciável por seres humanos.

Spock é o filho do embaixador vulcaniano Sarek e da sua esposa humana, a professora Amanda Grayson. Embora Spock se identifique como vulcaniano — o primeiro vulcaniano a se juntar à Frota Estelar, ao contrário dos desejos do seu pai, que gostaria que ele ingressasse na Academia de Ciências de Vulcano —, apresenta um conflito interno permanente entre a razão e a lógica da sua metade vulcaniana e da emoção e da intuição de sua metade humana. Para os padrões humanos, no entanto, é inacreditavelmente lógico e totalmente destemido face ao perigo.

 

19_star_trek_enter2

 

 

 

 A saga «Star Trek» vai voltar a despertar o sentimento galáctico, vai ser também o regresso da nave «Enterprsise» ao seu mais recôndito passado. O filme dirigido por J.J. Abrams vai ao início da missão quando o futuro «Captain Kirk» esteve quase em ficar em terra e fora de uma tripulação comandada pelo «Mr. Spock», que vai voltar a ter Leonard Nimoy no seu desempenho. A sequela conta como «James T. Kirk» se torna capitão da «Enterprise» e deverá estrear em Maio.

A história centra-se na invasão do Planeta Vulcano, onde nasceu o «Mr. Spock», mas é numa viagem no tempo que decorre da trama principal que Leonard Nmoy está de regresso à sua personagem e que deixou o actor de 77anos de boca aberta: «Eu nem queria acreditar!»

A história centra-se na invasão do Planeta Vulcano, onde nasceu o «Mr. Spock», mas é numa viagem no tempo que decorre da trama principal que Leonard Nmoy está de regresso à sua personagem e que deixou o actor de 77anos de boca aberta: «Eu nem queria acreditar!»

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

«Star Trek» está de volta para o «nascimento» do «Captain Kirk»

william4

Wiliam Shatner, pelo contrário, não escondeu a desilusão por não poder também estar de volta, mas o realizador afirmou que o «Captain Kirk» morreu no último filme da série, «Star Trek: Generations», em 1994. A estreia de Jornada nas Estrelas tem direção de J.J. Abrams (Missão Impossível III, Lost) deste novo capítulo desta saga será em 8 de maio de 2009.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Sinopse

“11º filme da sequela “Jornada nas Estrelas”. Segundo especulações, a história ocorre antes da tripulação do Capitão Kirk assumir o comando da Enterprise, situada 160 anos antes do nascimento do personagem imortalizado por William Shatner. No primeiro filme da série, de 1979, um fenômeno alienígena de poder e tamanho descomunal se aproxima da Terra, destruindo tudo em seu caminho. A única nave que pode enfrentar esta força letal que ameaça a Terra é a U.S.S. Enterprise. O lendário comandante James T. Kirk (William Shatner) é convocado para a missão, mas algo perigoso pode destruir a U.S.S. Enterprise e toda a sua tripulação. Após o sucesso da série de TV “Jornada nas Estrelas” a Paramount tinha a intenção de levar seus personagens para uma longa-metragem. Várias versões para o roteiro do 1º filme foram feitas entre 1975 e 1977, sendo que uma história chamada “Star Trek: Planet of Titans” chegou a ser selecionada para servir como base para o filme. Entretanto, com o sucesso mundial de “Star Wars” em 1977, a Paramount decidiu por abortar o projeto antes mesmo do início das filmagens, alegando que não havia mercado suficiente para dois grandes filmes de ficção científica. “Jornada nas Estrelas – O Filme” é o primeiro de uma série de 10 filmes baseados na série da TV americana Star Trek.”

star_trek_mirror_5

Elenco : Chris Pine (Kirk), Zachary Quinto (Spock), Eric Bana (o vilão Nero), Zoe Saldana (Uhura), Simon Pegg (Scotty), Anton Yelchin (Pavel Chekov), John Cho (Hikaru Sulu) e Karl Urban (Leonard “Bones” McCoy).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A história da saudação Birkat ha-Cohani

 spock_startrek_55

 

 

 

 

 

 

 

nimoypriestsign_61

 

campa_cohen77

 

 

 

 

 

 

“Desde criança que me recordo de uma bênção específica praticada regularmente na nossa sinagoga. Os dedos de cada mão eram separados para recriar o shin [ש], a letra hebraica que representa Shad-ai, um dos nomes divinos. Quando criámos a série StarTrek precisávamos desesperadamente de uma saudação única para o meu personagem. Lembrei-me daquele gesto ancestral e propus que o usássemos. O resto, como se costuma dizer, faz parte da história.
Porque me lembrei daquele gesto? Os actores tentam incutir algo de pessoal nos papéis que encarnam. Provavelmente, então, foi a convergência das minhas existências: espiritual e profissional. Assim, posso chamar àquela saudação o meu shalom vulcano, a minha saudação de paz, a minha ânsia pela bênção da paz: a busca ancestral do povo judeu, o meu povo. Birkat ha-Cohanim.”

Leonard Nimoy, actor, escritor e fotógrafo. Testemunho publicado na revista de domingo do New York Times, a 22 de Dezembro de 1996.

Diggy in the grave

Anúncios

Acções

Information

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s




%d bloggers like this: